DO UNIVERSO DE

POR QUE O DISNEY+

CANCELOU A SÉRIE

A BELA E A FERA?





A produção derivada do live-action de 2017 traria de volta Luke Evans e Josh Gad como Gaston e LeFou.


Anunciada em março de 2020 pelo Disney+, a série derivada do live-action A Bela e a Fera não vai mais acontecer – embora fosse um dos projetos mais aguardados do serviço de streaming. 



A notícia surpreendeu os fãs, já que a produção começaria neste verão e, inclusive, teve parte de sua equipe confirmada recentemente, como a cantora e compositora britânica Rita Ora.


Focada em Gaston e LeFou, com Luke Evans e Josh Gad retornando como os personagens, a trama havia sido descrita como um musical ambientado "bem antes" dos eventos do filme de 2017.


A dupla de protagonistas estaria acompanhada da irmã de LeFou, Tilly, vivida por Briana Middleton. O trio de protagonistas ainda encontraria outras figuras que não aparecem na história original. 



À frente do seriado estavam dois grandes especialistas em contos de fadas: Adam Horowitz e Eddy Kitsis, roteiristas da série de sucesso Once Upon a Time.


Mas, de repente, o projeto foi cancelado. Sabe-se que motivos criativos, além de atrasos nos roteiros e na trilha sonora original, levaram à decisão. Os atores confirmaram a notícia no Twitter.

"Tentamos fazer com que tudo desse certo, mas sob pressão não era para ser... Por enquanto”, escreveu Evans. Gad completou: "Nós realmente esperamos poder fazê-lo quando os cronogramas permitirem."

Tarzan quase teve

imagina

do que você

bem mais sangrenta

cena de abertura