Por que Homem de Ferro morreu e Capitão América foi salvo em Ultimato? Entenda



Vingadores: Ultimato marcou a última participação do Homem de Ferro e Capitão América no Universo Cinematográfico Marvel.



Vingadores: Ultimato (2019) foi a conclusão da Saga do Infinito. Na história, acompanhamos o épico embate final dos Vingadores contra o vilão Thanos.


Ultimato marcou o fim de alguns dos personagens mais queridos e antigos do MCU. Tony Stark / Homem de Ferro e Natasha Romanoff / Viúva Negra se sacrificaram para a derrota de Thanos.




Já Steve Rogers / Capitão América foi para o passado para ficar ao lado da amada Peggy Carter e retornou velho.

Joe Russo, diretor de Ultimato ao lado de seu irmão Anthony Russo, explicou como eles tomaram essa decisão polêmica e importante de matar o Homem de Ferro, enquanto o Capitão América seria salvo.


"Se você pensa no Capitão América como um personagem, você pensa 'Ok, a morte do Capitão América é bastante óbvia', certo? [Auto-sacrifício] é algo que ele faria com base no personagem."


"Esse é um cara que se ofereceu para ser uma cobaia em um experimento científico para poder lutar contra os nazistas na guerra. Ele é intrinsecamente um herói. Tipo, não há muita complexidade lá.” 


"Então esse parecia ser o arco mais atraente para nós, que seria [Tony] Stark quem morreria. Para que fosse um arco mais rico e complexo, e é por isso que o escolhemos", completou. 

Série de heroína

Pantera Negra

terá diretor de

inédita da Marvel