Piratas do Caribe:
A cena deletada
que MUDARIA A FORMA COMO VEMOS JACK SPARROW




O trecho excluído de Piratas do Caribe - No Fim do Mundo revelava um detalhe importante sobre o passado do personagem vivido por Johnny Depp.



No Fim do Mundo (2007), o terceiro filme da franquia, foi gravada, tinha um trecho que revelava um aspecto importante da história de Sparrow – e que acabou cortado da versão final.



Nele, o lendário capitão do Pérola Negra é levado como prisioneiro da Companhia de Comércio da Índia Oriental e tem uma conversa com Lord Cutler Beckett.



Beckett lembra que, no passado, contratou Sparrow para que entregasse um carregamento em seu nome, mas o marinheiro fez o contrário e "liberou" a encomenda.







Então o protagonista responde: "As pessoas não são carga, cara."




A cena deletada não apenas nos explica por que os dois personagens são inimigos de longa data, como também traz mais humanidade para Sparrow.


O carregamento era, na verdade, um grupo de 100 escravos. Ao invés de cumprir e receber o dinheiro, ele decidiu libertá-los. Então Beckett queimou o Pérola Negra e marcou Sparrow como um pirata.



Uma vez removida a cena, os espectadores tiveram que esperar até o quinto longa A Vingança de Salazar (2017), para descobrir mais sobre os antecedentes de Sparrow.

Volta de Johnny

DISNEY

CONSIDERADA PELA

do CARIBE É

DEPP A PIRATAS