Pedro Cardoso,
o Agostinho Carrara, afirma que produtora e hbo "roubaram" série criada por ele



O ator de Agostinho em A Grande Família se pronunciou, acusando a produtora Dueto Produções de roubar a autoria da série Área de Serviço, escrita por ele e por sua esposa, Graziella Moretto.




O ator afirma que a produção, criada para a plataforma do HBO Max, foi “assassinada” com a conivência de funcionários da WarnerMedia.


Cardoso afirma que ele e a esposa convidaram a Dueto para ser coprodutora da série. Porém, Monique Gardenberg, sócia da empresa, teria excluído o casal do projeto e se promovido como diretora-geral.


Cardoso e Moretto, showrunners do seriado, ficaram somente com o cargo de atuação. “Graziella e eu nos tornamos empregados do trabalho que nós tínhamos feito. Já não é isso um roubo?”, questionou.





Cardoso ainda disse que os sets de filmagem eram um “caos diário”, responsabilizando uma pessoa contratada pela Dueto.



Em maio de 2022, a coluna de Patrícia Kogut revelou que uma parte da equipe de produção da série enviou uma carta aberta ao departamento de direção pedindo demissão após situações de abuso no set.


O ator também mencionou o nome de alguns diretores responsáveis pela “destruição da série” ao cortarem cenas, não entenderem as dinâmicas entre os personagens e perderem tempo com “inutilidades”.



Cardoso disse que tem provas e não hesitará trazê-las a público. A HBO Max disse que as produções e parcerias são em comum acordo com todas as partes. Já a produtora vai se manifestar na Justiça.

INTÉRPRETES DE

Pantanal:

DE 1990 E 2022

emocionante

TÊM ENCONTRO

ÉRICA DAS VERSÕES