Entenda

cientista da Nasa!

O Exorcista foi

INSPIRADO EM

CASO ASSUSTADOR

OCORRIDO COM



O caso ocorreu na adolescência do ex-engenheiro da Nasa, Ronald Edwin Hunkeler, e foi a base de um dos filmes de terror mais icônicos da história do cinema.


Na época, com apenas 14 anos, Hunkeler começou a notar diversos eventos paranormais em sua casa, em Maryland, nos EUA, como batidas e arranhões na porta do quarto, e objetos arremessados. 


Um pastor da família confirmou os acontecimentos e contou que presenciou uma cama ser arrastada sem ninguém por perto, além da imagem de Jesus que sempre balançava quando Hunkeler estava presente.

Em 1949, o menino fez uma série de exames médicos e psicológicos, que não encontraram nada de errado, além de também ter o caso estudado pelo Laboratório de Parapsicologia da Universidade Duke. 


Um jornal americano relata que Hunkeler foi submetido a uma média de 20 exorcismos em apenas três meses, sendo internado em um hospital após os eventos paranormais continuarem a acontecer.


Após supostamente ter se livrado do demônio em 1949, Hunkeler continuou preocupado com o que poderia vir a acontecer, mesmo depois de entrar para a Nasa, onde trabalhou até 2001. 




A viúva do engenheiro conta que eles sempre saíam de casa no Halloween, pois ele acreditava que algo iria buscá-los, se lá ficassem.



Apesar de todo o ocorrido, a ex-esposa dele ainda adiciona que Hunkeler não acreditava ter sido possuído. De acordo com ela, ele afirmava apenas “ter sido um menino mau".

Maligno, Invocação

do Mal e outros

para assistir

de James Wan

filmes de terror