o filme de 2016?

a nova versão e

O Esquadrão

Suicida:

Quais são as

diferenças entre





Há exatos 5 anos, Esquadrão Suicida estreava nos cinemas sob grandes expectativas para se tornar, logo depois, alvo de críticas pesadas tanto da crítica especializada, quanto do público




Felizmente, a história dos supervilões da DC ganhou uma segunda chance para brilhar e agora, em 2021, uma nova versão chega aos cinemas assinada pelo diretor de Guardiões da Galáxia, James Gunn.





A premissa dos dois filmes é a mesma: um grupo de criminosos prisioneiros é recrutado pelo governo norte-americano, representado por Amanda Waller (Viola Davis), para uma missão secreta





O longa de 2021 apresenta uma jornada que funciona melhor. No filme de 2016, é difícil comprar os planos de Amanda, especialmente à medida em que fica claro que ela mesma criou boa parte do problema






Esquadrão Suicida de 2016 acabou trazendo menos cenas chocantes do que o esperado para uma história sobre vilões tão inescrupulosos e que, a princípio, parecia sombria.





Se esta questão foi um problema para você, a violência explícita do novo filme é uma das principais diferenças. James Gunn não economizou nos banhos de sangue e nos pedaços de corpos voando.

CONFIRA TAMBÉM:

Outras diferenças

E O FILME DE 2016

ESQUADRÃO SUICIDA

ENTRE O NOVO