Guardiões da Galáxia: Entenda a polêmica em torno de Chris Pratt e James Gunn


Astro da Marvel, Chris Pratt vem sendo criticado desde 2019 e fãs pedem que o ator seja substituído. Nos últimos dias, a polêmica escalou e sobrou até para o diretor James Gunn. 


Pratt revelou ser membro da Hillsong Church. A instituição teve uma controvérsia quando dois executivos da igreja fizeram comentários homofóbicos e o ator Elliot Page questionou Pratt sobre o fato.



A partir de então, a internet se dividiu: uma parte passou a criticar o astro por fazer parte de um grupo supostamente homofóbico, e outra o defendeu. 


Pratt emitiu um comunicado oficial: “Foi sugerido que eu pertenço a uma igreja que ‘odeia um certo grupo de pessoas’ e que é ‘anti-LGBTQ’. Nada disso poderia estar mais longe da verdade.”


Recentemente, a controvérsia foi revivida nas redes sociais após uma usuária pedir a substituição de Pratt. James Gunn respondeu alegando que se ele fosse demitido, a equipe toda se demitiria também.


“Para quê [demiti-lo]? Por causa de suas crenças inventadas e totalmente falsas sobre ele? [...] Chris Pratt nunca seria substituído [...]; mas, se ele fosse, todos nós iríamos com ele.”



Outro internauta questionou o diretor, afirmando que a homofobia nas igrejas não importa quando o assunto envolve um astro levar dinheiro para a Marvel. 



O cineasta, retrucou: “Ele [Chris Pratt] não é [homofóbico]. Conheço a igreja que ele frequenta atualmente. E você? A resposta é que você não conhece.” 

A Marvel quase

ESTÚPIDA

razão simplesmente

DE THOR 4 – por uma

protagonista

expulsou o