Confira a verdadeira história de contos infantis,
muito antes da Disney




Nada de fofura: Cinderela, A Bela Adormecida e outros eram muito mais sangrentos antes da Disney. Preparado para destruir a sua infância?


CINDERELA
Para seus pés caberem no sapatinho de cristal, uma irmã malvada corta os dedos do pé, e a outra corta o próprio calcanhar. Além disso, Cinderela mata a Madrasta Má.


A BELA ADORMECIDA
Aurora espeta o dedo, dorme e o príncipe a estupra. Ela engravida e dá à luz, ainda dormindo, só acorda quando os bebês famintos chupam o seu dedo e retiram o linho enfiado na carne.


BRANCA DE NEVE
Ela não acorda com beijo: o príncipe deixa o caixão cair e o pedaço de maçã sai da sua boca. Eles se casam e forçam a Rainha a usar sapatos incandescentes na festa, dançando até morrer


A PRINCESA E O SAPO
Para quebrar o feitiço, a solução é maltratar o sapo, batendo-o na parede com a maior força possível. Outras versões dizem que ele deveria ser queimado em uma fogueira ou decapitado


A PEQUENA SEREIA
Ariel tem a língua cortada e as pernas doem como se andasse sobre vidro. Para se tornar sereia novamente, deve assassinar o príncipe. Mas ela não consegue, se joga no mar e vira espuma

PETER PAN
Quando os Garotos Perdidos envelheciam, Peter Pan se encarregava de matá-los. Outra história sugere que ele enterrava cadáveres diariamente, inclusive bebês que se perdiam e eram assassinados


PINÓQUIO
Quando o grilo falante tenta dar bons conselhos, Pinóquio se irrita e mata o amigo. Gepeto é engolido por um tubarão, ao invés de uma baleia. No fim da história, Pinóquio está à beira da morte

ASSASSINO E

Ursinho Pooh

serial killer

PERSONAGEM COMO

TERROR TRAZ

INFÂNCIAS? NOVO

ESTRAGANDO