Brasileira
perde R$ 208 mil em
golpe ao achar que estava namorando johnny depp






A vítima chegou a vender carro e casa para enviar dinheiro ao falso Johnny Depp.


Nos últimos meses, Johnny Depp esteve envolvido em um julgamento com a ex-mulher Amber Heard. Enquanto isso, um homem utilizava de seu nome para dar um golpe em uma aposentada de 61 anos.





Moradora de Osasco, em São Paulo, a senhora forneceu R$ 208,4 mil ao homem que se passava por Johnny Depp.


Tudo começou em outubro de 2020, quando a aposentada começou a conversar com o perfil falso do ator. As conversas sobre o cotidiano escalaram para histórias tristes que o rapaz contava.

Ele dizia que “precisava de dinheiro para o pagamento de condenações em processos nos quais ele estava envolvido". Neste período, o verdadeiro Depp estava numa disputa contra Amber Heard nos tribunais


"Junto com a história triste de não ter dinheiro [...], teve início um 'romance' onde começaram as promessas do golpista de levar a autora [do processo] para morar com ele", afirmou a advogada.


Além dos mais de 200 mil fornecidos ao golpista, a idosa ainda gastou parte de sua renda com uma cirurgia plástica, realizada a partir da crença de que ela moraria em Los Angeles, nos Estados Unidos.



Para conseguir a quantia pedida, a mulher vendeu o carro e a casa, depositando dinheiro na conta bancária de um homem que o autor do golpe dizia ser o “amigo brasileiro de seu advogado”.

IMPEDIU QUE UMA

Johnny Depp

ESCALADA COMO

DO CARIBE

VILÃ DE PIRATAS

MULHER FOSSE