Marvel

FILMES DA

5 MOMENTOS

MACHISTAS NOS




Fãs sensatos sabem que é
possível amar uma obra (ou
o conjunto dela) ao mesmo
tempo em que criticam e
reconhecem erros de traje,
execução, de enredo,
diálogos e até mesmo ao
que se refere à qualidade.


Em uma cena, Tempestade
aparece conversando com
Noturno, e ela fala sobre
marcas e crenças espirituais,
O assunto termina com ele
dizendo que “alguém tão bonito
não deveria estar bravo”.




X-Men 2



Quando Natasha Romanoff se
candidata para ser assistente
de Tony Stark, a cena gira em
torno do quanto ela é atraente
e na objetificação ao reduzi-la
a um “negócio muito caro”.





Homem de Ferro 2



Os sentimentos de
inferioridade desenvolvidos
pela Mística no filme são
utilizados de maneira leviana,
a ponto de fazê-la parecer
fútil e “revoltada sem causa”.





X-Men: Primeira Classe


Maya Hansen, co-criadora
da Extremis, e Ellen Brandt
(Stephanie Szostak), agente
de Mandarim, são mais
importantes nos quadrinhos
e no filme, tiveram suas
jornadas reduzidas.




Homem de Ferro 3



Natasha Romanoff foi, por
muito tempo, a única mulher
do grupo de heróis e, por isso,
sempre foi retratada como um
dispositivo de tensão sexual
dentro da equipe.





Vingadores: Era de Ultron

Confira Também:

CONSEGUIRAM

AINDA NÃO

NA MARVEL, MAS

QUISERAM UM PAPEL

Atores que sempre